PortalNippon = O seu conteúdo digital do Japão

Quarta, Dec 07th

Últimas atualizações01:06:59 PM JST

Você está aqui Home

O Japão se compromete a reduzir em 15% as emissões de CO2 ate 2020.

natureza

Taro Aso, o primeiro ministro do Japão afirma em uma entrevista coletiva: Decidi ter como objetivo a redução de 15% a partir de 2005.

O Japão é o quinto no ranking dos países emissores de gases que contribuem para o efeito estufa e está sofrendo forte pressão para comprometer-se com um novo acordo climático global.

Países como o Japão, devem se comprometer a cortes maiores nas emissões se quiserem encorajar os países em desenvolvimento como India e China a fazerem cortes em suas suas emissões, disse Matthew Clarke, professor da escola de Politica Internacional da Universidade de Deakin, em Melbourne.

O Protocolo de Kyoto, único instrumento internacional que foi concebido para lidar com o maior desafio ambiental da história: a redução do aquecimento global, exige que países industrializados reduzam sua emissão de gases, porém o Protocolo valerá até 2012, e aumenta ainda mais a pressão, em Dezembro a ONU quer realizar uma discussão climática envolvendo todos estes aspectos para que um novo acordo seja feito.

Muito pouco e muito tarde, disse o professor Yoshi Murasawa, da Universidade de Tóquio. Uma redução de 15% das emissões em relação ao nível de 2005 ate 2020? Isso é apenas 8,5% de redução do nível de 1990.

Alguns veem a meta como um bom sinal Isso é positivo para o setor de energia limpa do Japão, aumentando potencialmente a demanda e ajudando a reforçar a indústria como um todo, disse Tetsuya Wadaki, analista da Nomura Securities.


asaki-ueji_footer