PortalNippon = O seu conteúdo digital do Japão

Domingo, Dec 04th

Últimas atualizações01:06:59 PM JST

Você está aqui Home

Membros do Sindicato JMIU exigem medidas de amparo para os trabalhadores estrangeiros

encontro-sindicato-jmiu

Membros do governo japonês e da diretoria do Sindicato JMIU no Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar

Na última quarta-feira (29) membros do governo japonês e da diretoria do Sindicato JMIU se encontraram no Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar para discutir assuntos de interesse dos trabalhadores estrangeiros. Entre os vários assuntos, foi focado as medidas de ajuda que o governo japonês tem colocado em prática para apoiar os trabalhadores que foram afetados pelos efeitos do terremoto no dia 11 de março.

Muitos trabalhadores brasileiros principalmente das regiões de Aichi, Shizuoka e Mie, foram afetados indiretamente pela queda ou paralisação da produção das fábricas, devido ao terremoto que atingiu a região nordeste do Japão. O sindicato solicitou medidas de amparo para os trabalhadores que ficaram parados e mais rigor na punição das empresas que não inscrevem os trabalhadores no Shakai Hoken e no Seguro Desemprego. De acordo com o diretor regional do sindicato JMIU, Fábio Nishimaki, mesmo o governo tendo disponibilizado ajuda financeira para compensar os dias parados determinado pelas fábricas, essa ajuda dever ser solicitada pelo empregador, no entanto muitos empregadores não solicitam o subsídio financeiro pelo fato de estarem em situação irregular, devendo ou sonegando impostos ou às vezes usando mão de obra sem ter licença nem qualificação para isto, gerando um grande problema social.

Após a visita ao Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, os membros se dirigiram até a Embaixada do Brasil em Tóquio e foram recebidos pelo embaixador Marcos Bezerra Abbott Galvão e pala primeira-secretária de comunidade Patrícia Cortes.

Os membros do sindicato fizeram um resumo das condições atuais dos trabalhadores, e pediram apoio do embaixador para que entre em contato com o governo brasileiro para pedir que agilize logo a aprovação do acordo da previdência entre o Brasil e o Japão. O acordo foi assinado no ano passado e após a assinatura, ainda faltava ser aprovado pelo parlamento japonês e pelo Congresso Nacional Brasileiro. Segundo o sindicato, o acordo já foi aprovado pelo governo japonês e agora está faltando a aprovação por parte do governo brasileiro.

Membros do JMIU que participaram das reuniões em Tokyo:

Zengoro Yamamoto - Vice Presidente do JMIU
Ryoichi Miki - Secretário Geral
Shinichi Saikiyo - Diretor da Sucursal de Nagano do JMIU
Hidetomu Hirata  - Diretor da Sucursal de Aichi do JMIU
Fumio Ogura - Diretor da Sucursal de Aichi do JMIU
Fabio Nishimaki - Diretor da Sucursal de Aichi do JMIU
Cesário Haranaka - Presidente da Comissão Sindical Tarui Bunkai
Kiyoshi Ochi - Membro da Comissão Sindical SS Bunkai


asaki-ueji_footer