PortalNippon = O seu conteúdo digital do Japão

Sexta, Dec 09th

Últimas atualizações01:06:59 PM JST

Você está aqui Home

Brasil, tema de palestra no segundo aniversário da Aliança de Intercâmbio Brasil Japão

tetsuyoshi-kodama

Palestrante Tetsuyoshi Kodama, vice-presidente da Aliança de Intercâmbio Brasil Japão

No dia 18 de fevereiro foi realizada a assembléia-geral em comemoração ao segundo ano da Aliança de Intercâmbio Brasil Japão no Grand Hotel Hamamatsu.

A entidade foi fundada em 19 de fevereiro de 2009 com o objetivo de fortalecer a integração de brasileiros e japoneses por intermédio de atividades da cultura, educação e esportes, dando prioridade para o melhoramento da educação das crianças brasileiras no Japão. O governador de Shizuoka, Heita Kawakatsu, ocupa o cargo de presidente, Yoshikatsu Ishii, vice-presidente da Câmara de Comércio e Indústria de Hamamatsu ocupa o cargo de presidente-interino. Tetsuyoshi Kodama ocupa o cargo de vice-presidente ao lado de Nobuhiro Nakamura.

Em 2010 a Aliança organizou diversas palestras e eventos esportivos, além de ter sido o principal apoiador para que o Festival de Cinema Brasileiro pudesse ser realizado em Hamamatsu. E para o ano de 2011 a entidade está organizando além das palestras, eventos para comemorar o centenário da cidade de Hamamatsu, e um deles será o Undokai, gincana esportiva com a participação de brasileiros e japoneses, além de outros.

O evento contou com dois palestrantes, a jogadora de tênis de praia ranking número um do Japão, Tomomi Takahashi e o mestre brasileiro de karatê, Tetsuyoshi Kodama.

Tomomi falou sobre o esporte disputado numa área do mesmo tamanho de vôlei de praia utilizando-se uma raquete específica e sem toque da bola no chão. O esporte surgiu na Itália no ano de 1994, e somente em 2007 foi introduzido no Japão na praia de Shonan. A dupla Tomomi Takahashi e Yukiko Nakamura ostenta o No.1 do ranking japonês e No.28 do ranking mundial. A diretora da Associação de Tênis de Praia do Japão na região de Shizuoka, Miyoko Noda, falou que a entidade que ela representa pretende instalar áreas para a prática deste esporte nas praias de Hamamatsu e organizar campeonatos.

tomomi-takahashi

Palestrante Tomomi Takahashi, jogadora de tênis de praia e Miyoko Noda ao fundo

O segundo palestrante Tetsuyoshi Kodama iniciou falando sobre a história do undokai introduzido pelos imigrantes japoneses no Brasil, e sobre os detalhes dos preparativos da gincana esportiva a ser realizada no dia 9 de outubro na Escola Primária Municipal de Motoshiro, Hamamatsu, e que contará com a participação de alunos das escolas brasileiras e japonesas, tendo bastante aceitação em diversos setores.

Em seguida Kodama palestrou com o tema "Como estão os brasileiros que retornaram ao Brasil ~ O que pensa o governo brasileiro em relação aos brasileiros no exterior".
Kodama que participou como convidado oficial na III Conferência Brasileiros no Mundo, já havia participado por meios próprios da I Conferência apresentando o relatório "Situação das Crianças Brasileiras no Japão" incluído no livro dos relatórios, e da II Conferência enviando o relatório "Integração dos Brasileiros no Japão".

Kodama apresentou a palestra em japonês, pois a grande maioria dos participantes eram empresários, acadêmicos e profissionais liberais japoneses, além dos principais líderes brasileiros da comunidade, e falou sobre aqueles que planejaram o retorno e conseguiram ter sucesso em suas empreitadas e também sobre as dificuldades que passavam aqueles que tiveram de voltar forçados pela situacao econômica e não se atualizaram, principalmente as crianças que não tiveram uma educação adequada no Japão e não estão conseguindo acompanhar os estudos. O palestrante falou ainda sobre a criação do CRBE e sobre a Conferência Brasileiros no Mundo que têm como objetivo colher as demandas e posteriormente criar soluções para os problemas dos brasileiros espalhados pelo mundo.

Kodama falou ainda sobre o Brasil que cresce em grande escala, explicando os motivos que fizeram com que o motor do crescimento econômico rodasse em sincronia. Falou sobre o plano real e a bolsa escola criada durante o governo Cardoso e sobre a bolsa família, aumento do salário mínimo, guerra contra o crime e marketing da marca Brasil no exterior, bem como a conquista do direito de sediar a copa do mundo e as olimpíadas em território brasileiro durante o governo Lula, mas também dos problemas de infra-estruturas e outros de caráter social que o Brasil ainda precisa resolver.


asaki-ueji_footer