PortalNippon = O seu conteúdo digital do Japão

Domingo, Dec 04th

Últimas atualizações01:06:59 PM JST

Você está aqui Home

Após uma década, brasileiros deixam topo do ranking de criminalidade estrangeira no Japão

crim

Da Agência Brasil

Renata Giraldi com informações da BBC Brasil / Edição: Graça Adjuto

Depois de dez anos, brasileiros deixam topo do ranking de criminalidade estrangeira no Japão, segundo dados divulgados pela Agência Nacional de Polícia. No primeiro semestre de 2011, 54 jovens brasileiros com idade de 14 a 19 anos foram julgados no Japão. Dos crimes citados, apenas um foi considerado hediondo, 34 foram furtos e o restante se refere ao envolvimento com drogas.

No mesmo período, segundo os registros, de mais de 90 mil menores detidos em todo o Japão, 360 eram estrangeiros. O número, apesar de ser muito pequeno em relação aos infratores japoneses, é representativo por ser o menor em dez anos. No período de 2001 a 2010, os brasileiros lideraram o ranking de delinquência juvenil por nacionalidade, seguidos pelos chineses e coreanos.

Em 2002, ano em que a curva de criminalidade brasileira atingiu seu ápice, 406 adolescentes brasileiros foram alvo de inquérito policial. Desde então, o número foi caindo ano a ano. No primeiro semestre de 2010, por exemplo, um total de 81 jovens brasileiros foi levado a julgamento.

Porém, segundo os dados, a maior queda na criminalidade brasileira ocorreu após a crise econômica de 2008 a 2009, quando mais de 100 mil pessoas voltaram para o Brasil. Em 2007, havia 316.967 brasileiros residentes no Japão.

Em 2009, o número caiu para 297.456 e, segundo os últimos dados do governo, reduziu-se ainda mais em 2011, totalizando 215 mil brasileiros. Segundo dados de 2006, havia 18.150 brasileiros com idade entre 15 e 19 anos no Japão. Esse número caiu para 10.326 em 2010.

 


asaki-ueji_footer