PortalNippon = O seu conteúdo digital do Japão

Segunda, Mar 27th

Últimas atualizações01:06:59 PM JST

Você está aqui Esporte Automobilismo Alonso e Hamilton são os mais bem pagos da F1

Alonso e Hamilton são os mais bem pagos da F1

Fernando-Alonso-Lewis-Hamilton

A revista francesa “Business Book GP” divulgou nesta semana uma matéria sobre o salário dos pilotos da Fórmula 1, do atual grid quem encabeça a lista é Fernando Alonso, o espanhol vêm liderando o ranking dos pilotos mais bem pagos da F1 nos últimos anos. O salário anual do piloto da Ferrari é de 20 milhões de euros, ou seja, 1 milhão de euro por corrida! Nada mal não é mesmo?

No ano passado a publicação, divulgou que Alonso ganhava 30 milhões de euros, no entanto, quase todos os pilotos tiveram uma queda em seus salários. Os valores são somente o que a equipe paga para o piloto, nesta conta não estão incluídos, bônus e os ganhos com campanhas publicitárias, o que segundo alguns críticos podem ser até maior, chegado ao dobro dos rendimentos.

Dividindo a lista dos mais bem pagos esta o inglês Lewis Hamilton, em sua nova equipe o campeão de 2008, passou a ganhar os mesmos 20 milhões de euros do rival Alonso. Hamilton na Mercedes fez novos contratos de patrocínio particular, fazendo sua conta bancária aumentar, em 2013, ele já até comprou um pequeno avião. Abaixo de Alonso e Hamilton, aparece Jenson Button, com 16 milhões, o tricampeão Sebastian Vettel, 12 milhões, Nico Rosberg, 11 milhões, Mark Webber, 10 milhões e em sétimo o brasileiro Felipe Massa, com 6 milhões de euros por temporada.

felipe-massa

O fato interessante é ver que Felipe Massa, vem tendo uma redução salarial crescente, no ano passado o brasileiro era o quarto mais bem pago, com 10 milhões, após a renovação de contrato com a Ferrari, “perdeu-se” 4 milhões. Já o “ice-man” Kimi Raikkonen, na Lotus ganha 3 milhões, mas vale ressaltar que todos os valores são extra-oficiais, e esta pesquisa é contestada pela assessoria dos pilotos. Na verdade é meio difícil de saber exatamente quanto um piloto de F1 ganha, mas não é pouco, por isso, as 20 vagas do grid são tão disputadas. 


Rogério LimaRogério Lima

Últimos artigos de Rogério Lima

asaki-ueji_footer