PortalNippon = O seu conteúdo digital do Japão

Quinta, Mar 23rd

Últimas atualizações01:06:59 PM JST

Você está aqui Colunas Conversando com filhos sobre as desgraças do mundo
Ter, 12 de Abril de 2011 20:21

Conversando com filhos sobre as desgraças do mundo

Escrito por  Alexandre Mauj
Qualifique este item
(1 vote)

Creio eu que muitos pais ficam em dúvida sobre como explicar aos filhos 

episódios como o da chacina na escola de Realengo.

Ou terremotos.

crechecriancasjaponesassakura1

Apesar de ser um país praticamente sem violência, dona Natureza complica o panorama aqui no Japão.

Crianças aprendem cedo quais os perigos que um terremoto representa.

Talvez o método nipônico de explicar tragédias seja útil às crianças brasileiras compreenderem melhor a questão da violência e situações de risco.

crechecriancasjaponesassakura2

Crianças japonesas aprendem que um terremoto, tsunami, é algo que acontece independente da vontade humana.

Apenas pode-se tentar evitar um mal maior através da precaução e medidas de emergência, já que não há meios de controlar esta força natural.

Ou seja, crescem conscientes de que o mundo tem seus perigos e problemas.

Pais explicam que sim, também ficam assustados, inseguros e não gostam de terremotos.

Mas que, caso ocorra um, vale é o sangue frio na hora de se proteger.  Deve-se enfatizar o valor da união familiar, que fortalece o emocional e traz tranquilidade para agir corretamente.

Pais não devem se por na posição de super-heróis, que não se abalam e nada temem, com poder de proteger a família contra qualquer mal.

Assim a criança aprende que também precisa fazer a sua parte em uma situação de emergência: durante um terremoto, a criança vai se proteger em vez de ficar parada gritando "mamãe, papai, me salve".

crechecriancasjaponesassakura3

Estes procedimentos salvaram muitas vidas no recente terremoto que tivemos.

Se não fossem as medidas/treinamento de prevenção (e claro, a boa infra-estrutura local), milhões teriam morrido, já que a região atingida pelo terremoto Touhoku apresenta alta densidade demográfica.

crechecriancasjaponesassakura4

Claro que no Rio de Janeiro o problema não foi um terremoto, mas a loucura humana.

É muito importante que pais em todo o Brasil conversem sobre o ocorrido com seus filhos.

Não deixem que os pequenos absorvam apenas o conteúdo transmitido pela tv e noticiários.

Imagine a confusão mental de uma criança ao assistir horas de um Brasil Urgente, debates "edificantes" mediados por uma certa cantora de axé e semi-alfabetizados no horário nobre.

Ou programas vespertinos que são comandados por dois ex-jurados de Silvio Santos.

crechecriancasjaponesassakura5

Crianças precisam saber que existem adultos loucos, maus, pedófilos e situações de risco.

Que devem evitar contato com estranhos, lugares que adultos dizem ser perigosos.

Que devem prestar atenção, cuidar de si mesmas quando não estão junto aos pais.

E caso aconteça situação semelhante ao caso de Realengo (por exemplo, a casa ser invadida por assaltantes ou um sequestro), tentar se proteger da forma que puderem e não ficarem apenas em pânico.

crechecriancasjaponesassakura6

Caso as crianças fiquem com medo de ir à escola, explique que não podem deixar-se dominar por uma situação dessas, permitir que o mal e o medo vençam.

A vida não pode parar por causa do medo, pais precisam trabalhar, filhos precisam estudar. Todos ficam assustados, com medo, mas a vida deve continuar.

Alexandre Mauj

Alexandre Mauj

Origem japonesa + (mistureba européia+árabe) = mais um brasileiro que mora no Japão
Estudei Eletrônica na E.T.E Getúlio Vargas em São Paulo (meu conhecimento é pré-histórico nos dias de hoje.) .
Durante anos trabalhei na TV Manchete, em diversos setores.
E me formei psicólogo na Universidade São Marcos.
Paulistano do Jardim da Saúde, 36 anos, 8 anos de Japão.

Escrevo minhas experiências em um blog, Lost in Japan (http://lostinjapan.portalnippon.com).
E pela internet dekassegui dou meus pitacos.
De vez em quando podem me encontrar na mídia impressa (jornal International Press).
Conto com a paciência e a boa vontade dos leitores!
Yoroshiku

Website: lostinjapan.portalnippon.com

2 comentários

  • Link o comentário Sebastião R S Junior Qui, 29 de Setembro de 2011 02:30 postado por Sebastião R S Junior

    A Natureza está integrada a Terra que está integrada ao Universo que está integrada a uma Criação Divina e Suprema (Deus Espírito Pai) que estamos nós, Homens(Espíritos Humanos) integrados à Ele, e por sua vêz, nós nos integramos a Natureza, assim, a Natureza, o Homem, a Terra, o Universo e todos os acontecimentos naturais do nosso planeta, são regidos pelas Leis Universais criadas por Deus e são gerenciados pela Espiritualidade Maior, comandada por nosso mestre Jesus e seus auxiliares. Por estas Leis Naturais, nada acontece por acaso, onde na Lei de Causa e Efeito, os fenômenos naturais(maremotos, terremotos, tsunamis, etc...) são efeitos diretos das ações do Homem perante Si mesmo, perante seus semelhantes e perante a própria Natureza, os abusos são notórios e claros. É necessário que o Homem evolua Espiritualmente e Moralmente, utilizando sua inteligencia, a Lei da Justiça (Lei Moral) os mandamentos, e a Lei do Amor (Evangelho deixado por Cristo) e para facilitar o entendimento, a Espiritualidade Maior permitiu ó desenvolvimento da Doutrina Espírita, única religião esclarecedora e ponte maior de ligação entre o mundo Espiritual e o mundo Físico(carnal). Os estudos do AutoConhecimento pode proporcionar os esclarecimentos necessários para amenizar os erros e falhas que cometemos aqui na Terra. Feliz àqueles que se libertaram da ilusão material e se aproximaram da verdade espiritual.

  • Link o comentário Cami Kasi Seg, 17 de Outubro de 2011 15:27 postado por Cami Kasi

    Gostei.

Deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated.
Basic HTML code is allowed.

asaki-ueji_footer