PortalNippon = O seu conteúdo digital do Japão

Sábado, Feb 25th

Últimas atualizações01:06:59 PM JST

Você está aqui Colunas A mocinha matinal
Sex, 30 de Março de 2012 21:03

A mocinha matinal

Escrito por  Dani Gimenes
Qualifique este item
(1 vote)

sorriso1

Diariamente, quando estou no caminho entre a minha casa e estação de trem, na parte da manhã, encontro uma mocinha japonesa em alguma parte do caminho. São coisas que fazem parte da rotina de qualquer pessoa. Personagens. Eles sempre estão lá. Uns mais duradouros, outros mais efêmeros, alguns por apenas um dia. Mas a mocinha da manhã, da minha caminhada até a estação, sempre está lá.

Faz mais de um ano que a encontro pelo caminho, sem nunca ter trocado ao menos um singelo bom dia que seja. Coisas do mundo atual, de pessoas que não se cumprimentam. Mas mesmo assim a tenho com estima. Parece possuir uns 22 anos. Se bem que as japonesas sempre são mais velhas do que a aparência sugere. Magrinha, vestida com calça jeans e com a blusa do uniforme. Suponho que ela trabalhe em uma fábrica. Sempre passa por mim pelo lado direito da calçada, contrariando a lógica de usar a esquerda para o trânsito de carros e pessoas no Japão. 

Sempre apressada, mas sempre com um sorriso no rosto. Na verdade ela tem em minha vida uma função muito maior do que aparenta a vã filosofia. É na verdade o meu relógio. Sim, meu relógio. Como bom brasileiro, muitas vezes saio de casa atrasado. Até a estação pego o caminho por uma avenida, em um traçado reto de aproximadamente 700 metros. Se eu a encontro muito perto do início do meu caminho, já sei, tenho que apressar o passo. Se a encontro lá pelo meio, próximo da escola municipal, ótimo, estou no horário correto. Quando eu a vejo quase que na estação, estou adiantado. Isso pode falhar? Sim, claro, vai que um dia ela fica doente, ou trabalhe além do horário normal. Mas como japonês é metódico e apegado ao relógio como poucos, raramente ela passa ali atrasada ou adiantada. Sempre na medida.

No início me recordo dela, como já descrevi, sempre sorridente, apesar de sorrir para o vazio. Cabelo bem arrumadinho. Ela não é o que posso chamar de bonita ou atraente, mas também não é feia. Tinha o cabelo liso e comprido, preto. Deve trabalhar no turno da noite, pois parece que neste horário está retornando do trabalho. Sabe, cara de cansada, apesar de sorrir.

Depois de alguns meses o celular passou a ser o seu companheiro inseparável. Todo dia passava por mim com o mesmo passo apertado, falando com um sorriso enorme no rosto. Contente por demasiado. Estava na cara que era paixão. O olhar brilhava e, com certeza, se ela reparava no homem estrangeiro, que como ela carrega uma marmita pelo caminho, agora nem notava. Fiquei contente em vê-la assim. Tinha dado uma repaginada, cortou o cabelo mais curto, tingiu de loiro. Estava radiante. Durante uns três meses foi assim. Estivesse eu atrasado, no horário ou adiantado, ela estava lá, radiante, me avisando do tempo que ainda me restava para chegar até a estação.

Há alguns meses, acho que uns quatro, ela está muito diferente. Não sorri mais, na verdade o sorriso desapareceu do rosto. Pintou o cabelo com um tom de loiro meio escuro. Feio na verdade. O cortou de uma forma que ficou parecendo um permanente mal feito, aparenta inclusive maus tratos para com os fios. Nunca mais passou falando ao celular. Talvez a paixão da qual ela tanto se apegava antes tenha terminado. O rapaz, um sujeito mal educado e viciado em saquê deve ter arrumado outra. Só pode. Desculpe a imparcialidade. Sabe como é, sempre puxamos pelo lado emocional e emotivo, defendendo aqueles que gostamos. A coitadinha está arrasada. Não merece isso. Espero que ela se recupere. Que ache alguém que lhe ame de verdade. Que não seja apenas paixão. Espero que novamente possa passar feliz ao celular, voltando do turno de trabalho da madrugada na fábrica. Com seu sorriso de volta, talvez o meu dia possa ser melhor, pois sabe como é, alegria e sorriso são contagiantes.

Daniel Gimenes

Última modificação em Dom, 01 de Abril de 2012 01:41
Dani Gimenes

Dani Gimenes

Professor de História e Geografia

Entusiasta do jornalismo há mais de dez anos

Renomado desconhecido

Website: www.portaldanigimenes.blogspot.com

Contact Details

  • City
    Toyota
  • Country
    Japan

Deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated.
Basic HTML code is allowed.

asaki-ueji_footer