PortalNippon = O seu conteúdo digital do Japão

Quinta, Mar 23rd

Últimas atualizações01:06:59 PM JST

Você está aqui Eli Ivanski
Eli Ivanski

Eli Ivanski

Moro no Japão há 20 anos.
Esposa, mãe de 3, trabalhadora e pensadora.
Estudante eterna.

Há um tempo atrás conheci PNL e Coach que me fascinaram. E desde então, procuro estudar e praticar tudo que se refere a viver melhor.
Viver melhor não quer dizer ter dinheiro. Viver melhor é ter em mente que todos somos feitos para ser feliz.
E para ser feliz, nada melhor do que viver a vida.

Me fascina o poder da mente.
Me fascina a música, as letras, as imagens.
Me fascina as pessoas que ensinam com exemplos.

Escrevo no meu blog pessoal Simplesmente Eli onde consigo expor tudo que penso e sinto.

='Todo pensamento emocionalizado, unido à fé, tende a se realizar, a se materializar'= Napoleon Hill

URL do website: http://simplesmenteeli.blogspot.com/

Social Profiles

Seg, 04 de Março de 2013 22:21

A mente a seu favor

cerebro-machine

Desde o dia que nascemos, recebemos informações em nosso cérebro.

O cérebro acumula milhões de informações até mais ou menos 7 anos de idade, desde aprender a andar, falar.

Com o tempo a velocidade de aprendizado diminui, e quando atingimos a maioridade, já temos formado a nossa crença.

Em 20 anos, o meio em que você vive será crucial para o resto da vida. Seu gosto por certos tipos de comida, vestimenta, música, amigos terá um peso grande de acordo com o meio onde foi criado.

E a reação que você terá em certos momentos difíceis poderá acarretar em decepções e frustações em sua alma. Nasce aí a descrença. E a pior descrença poderá ser em você mesmo. Não acreditar na capacidade de PODER. Ou não!

A vida lhe dará desafios sempre, para que possa aprimorar suas habilidades.

Você pode passar o resto da vida revoltada por não poder fazer coisas que seus amigos fazem. Pode resmungar, fazer cara feia, xingar toda vez que algo não dá certo. Pode simplesmente se isolar. Pode ficar achando que a vida não foi justa… e acumular dentro do peito angustias.

sadness

OU pode aprender com as pessoas com quem você convive. Todo mundo tem algo para nos ensinar. Tem experiencias que podem servir de modelo. Tem alguma forma de te ajudar.

Todas a pessoas que estão à sua volta podem servir de exemplo em alguma coisa. Cada um a seu modo.

O cérebro age conforme as informações que recebe. Mas a interpretação das informações varia de pessoa pra pessoa, de conhecimento de cada um, de experiencias de vida de cada pessoa.

Quando algo não vai bem, instintivamente pensamos negativamente. Normal.

Porém podemos mudar esse quadro, ensinando o cérebro a pensar de forma criativa.

E mudando o pensamento, seu estado de espírito também muda. Mudando seu espírito, você verá o mundo melhor. O mundo melhorando, você sentirá mais feliz. Sendo feliz, você sentirá vontade de ajudar o próximo. Simples!

Existem vários exercícios para que o cérebro aprenda a *ver* as coisas de forma positiva. E como qualquer aprendizado, necessita exercícios.

Difícil no início. Seja persistente. Verá resultados em pouco tempo!

aproveite-a-vida

Conviva com pessoas alto astral. Evite usar palavras negativas. Vigie-se. Pegue bons exemplos. Interaja com pessoas diferentes de você. Analise situações. Não se critique, nem aos outros.

Use seu cérebro para imaginar. Sim. Imagine-se em situações de bem-estar, sinta paz, felicidade. Sinta todo seu corpo reagindo conforme seus pensamentos, bons pensamentos. Sinta sua respiração, seus pés, suas mãos, cada parte de seu corpo reagindo.

Todos os dias 5 minutos de relaxamento. E de bons pensamentos.

Cada dia você procurará por mais coisas que te deem essa tranquilidade. E terá que imaginar mais e mais, pois a cada dia você necessitará disso. Assim, ao sair pelas ruas perceberá que estará observando mais o mundo à sua volta.

Você está reeducando sua mente.

E, seja sincero com seu coração, afinal ninguém gosta de ser infeliz.

O mundo não será mais o mesmo!

LogoEli_Assinatura

Qui, 12 de Julho de 2012 18:11

Ataque ou defesa?

Uma vez postei sobre um trecho do livro do Paulo Coelho e hoje falarei novamente sobre isso.

Quando se tem muitas amizades, muito convívio com pessoas diferentes de você, provavelmente deve ter passado por alguma situação parecida.

Rede social é uma ótima ferramenta para se fazer amizades, ter conhecimentos, aprender varias coisas, anunciar seu produto, passar raiva, ter inveja, fazer mimimi, desabafar, etc e tal.

57995_6538_251

**Um guerreiro da luz percebe que certos momentos se repetem.
Com frequência se vê diante dos mesmos problemas e situações que já havia enfrentado.
Então fica deprimido. Começa a pensar que é incapaz de progredir na vida, já que os momentos difíceis estão de volta.

¨Já passei por isso¨, ele reclama com seu coração.
¨Realmente, você já passou¨, responde o coração. ¨Mas nunca ultrapassou¨.
O guerreiro então compreende que as experiências repetidas tem uma única finalidade: ensinar-lhe o que ainda não aprendeu.
Ele passa a procurar uma solução diferente para cada luta repetida – até que encontre a maneira de vencê-la. ** (Manual do Guerreiro da Luz- Paulo Coelho)

Na época em que li o livro, me chamou muito a atenção e fiz dele algo para ser pensado todas as vezes que coisas ruins acontecem.

Quando não se aceita críticas, (boas ou ruins), é difícil evoluir. Uma criança evolui conforme a idade, aprende coisas novas. E, se não aprende, o que acontece? É repreendida. De modo educativo ou de modo áspero, grosseiro. Então, por que acha que a vida também não será assim com você? A vida lhe repreenderá em formas de sentimentos de medo, ciúmes, inveja, dor…

E o medo provoca algo como uma defesa, que é o ataque. Vem como uma indignação, fazendo com que você ataque se justificando. E para se justificar, sua mente começa a pensar. Pensa, pensa e a imaginação começa a funcionar, lembrando de alguns detalhes que pode exercer um elo com o ocorrido. E o resto, fica por conta de sua criatividade.

    "eu sou assim, e nao vou mudar meu jeito! " é uma frase que se usa muito…

Ok, não há problemas, não mude, não evolua.

Já percebeu que o preconceito vem sempre de quem é a vitima? Analise…

medo-de-mim

O que a mente faz é uma coisa incrível! Ela pode te levar ao céu quanto ao inferno. Focalizar o problema é a forma de você se afundar na depressão. Foque sempre a solução. 

Digo uma coisa: nao é fácil! Mas também não é impossível!  Necessita muito, muito treino e força de vontade! E amar a si e a pessoa a sua volta. Não desejar o mal. Não ver com olhos negativos.muitos não's…

E, sim, muitos sim's aparecerão.

Aprendi a me entender. Reconhecer os sentimentos. 

Reconhecer o ciúmes, a inveja, a depressão, a ira quando chega.

Tentar contornar para que ninguém se machuque, principalmente você.

Encontrar o equilibrio entre entender e querer melhorar.

O mais difícil de tudo é reconhecer seus sentimentos, não deixando que a ira tome conta.

Dizer que "to nem aí" é o indicio que está aí sim.  E muito! Se realmente não se importasse, nem se daria ao trabalho de retrucar, justificar. A carapuça não teria servido.

Conheça-se. Reconheça o sentimento que incomoda. Faça dele um aliado para a evoluçao.

Pensem sobre isso.

Ter, 06 de Setembro de 2011 18:22

Enquanto espera a vida...

Enquanto pensamos em quanto somos infelizes (pois olhamos somente para o próprio umbigo), nos deliciando em cavar cada vez mais fundo o poço para nos enfiarmos dentro (já que ninguém nos ama mesmo), saiba que há pessoas que não perdem tempo com isso, e, para sua informação, estão aproveitando e vivendo!

Histórias como dessa moça que está lançando um disco aqui no Japão é, na verdade, um tapa na cara para quem fica procurando desculpas para tudo!

Ami Sano, 21 anos, está entrando no mundo artístico! Sim, um sonho que a maioria das adolescentes tem, diga-se de passagem.

Ela teve sorte? Padrinho? Bom, tire suas conclusões...

Ami Sano, 21 anos, sorridente, rosto cut, quem diria... NÃO TEM BRAÇOS NEM PERNAS! Sim, ela nasceu assim!

Imagine o choque dos pais...ao ver nascer um filho assim...
Sim, foi difícil, tão difícil que a mãe demorou alguns meses para conseguir carregá-la no colo... e aceitar Ami.
Mas, por destino quem sabe, Ami tem uma personalidade alegre.
E mais que isso, seus pais a ensinaram que ela PODE! Que ela, apesar de ter apenas uma perna e 3 dedos no pé, ela PODE!
Obviamente que ela teve conflitos, mas foi quando entrou para o maternal e todos começaram a vê-la como aberração...
E mais uma vez, sua mãe, que um dia pensou em se matar por achar que não teria capacidade de cria-la, foi quem deu o apoio maior!

Uma história como poucas...

Apenas 21 anos...

Viram o sorriso dela?
Viram a vontade de viver?
Viram que ela conseguiu afastar os fantasmas?

Conheçam também Nick Juvicic!

Sorria, a vida é bela!

Busque seu sonho, busque a sua missão!

E mais uma coisinha: não destrua o destino de seu filho, ensine-o que ele PODE, assim como você!

Não dê a colheita, ensine a plantar!

E, se quer mesmo algo, busque, corra atrás! Enquanto ficar sentado, a vida passa...e ninguém vai trazer de bandeja oque você deseja.

Seja feliz!

Realize seus sonhos!

Ter, 19 de Julho de 2011 18:26

Seja e aconteça!

acontecer

Um dia agente acorda com a sensação que não deveria sair da cama...
E assim começa mais uma jornada rotineira, a contar do momento em que coloca-se o pé no chão.
Parar é impossível, mas...hoje não posso ficar na cama?
Hoje posso ficar à toa, sem horário, sem obrigações?
Certo, há coisas que realmente dependem de mim, e se eu parar, a coisa não anda.
Então, bola prá frente!

Ter, 14 de Junho de 2011 20:54

Medo de ser Feliz

˝Ė que é tudo muito novo para mim e tenho medo de ser apenas uma fase curta!˝

Ouvi isso hoje. Palavras de uma pessoa que encontrou alegria em viver e ser feliz.
Vivemos a ponto de sempre pensar no amanhã, como se tivessemos a obrigação de poupar para não passarmos aperto.
E com a felicidade não é diferente!
As vezes acho que para muitos a felicidade na terra está associada a pecado...
A busca pela felicidade é algo milenar. E sempre colocamos como felicidade aquilo que não temos. Dinheiro, amor, amizades famosas, posição social, carro, roupas boas, casa, enfim, qualquer coisa que associamos à ela.
E assim, a dona felicidade fica cada vez mais longe, mais impossível, e nós, mais e mais infelizes...apenas desejando...

Qui, 26 de Maio de 2011 20:06

Equilíbrio

equilibrioEquilíbrio não se acha na lata de lixo...
Equilíbrio tem muito mais a ver com você mesma do que imagina.
E não adianta por culpa nos outros.

Quando a insatisfação toma conta de sua vida, algo vai mal. E até descobrir isso, muitos desentendimentos acontecem.
Enquanto a ação de alguém te afeta como se fosse algo proposital, algo está errado.

Ter, 26 de Abril de 2011 18:33

Pré-Conceito

Engraçado como certas situações criam climas diversos, até mesmo enganosos.

Essa semana encontrei uma amiga, e, conversa vai conversa vem, ela relatou um caso que achei interessante postar.

Uma pessoa conhecida ficou indignada quando uma outra virou-lhe as costas após ter dirigido a palavra.
Ela não se conformou com isso, logo dizendo: Nossa, como tem gente mal-educada nesse mundo!

Qui, 21 de Abril de 2011 00:06

Cada cabeça uma sentença

@silviakikuchi
  *Em entrevista coletiva em Viena, secretário da AIEA, Denis Flory, explicou que apesar do Japão ter elevado nível do acidente nuclear para 7, o mecanismo do acidente de Fukushima e Chernobyl é diferente. Em um foi o próprio reator q explodiu. No outro não houve danos no núcleo. Flory disse tbm que os dados fornecidos pelo Japão são confiáveis e que o vazamento de radiação em Fukushima não chega a 10% de Chernobyl.*

Seg, 04 de Abril de 2011 14:09

Onde está?

Dizem que saudosista é aquele que vive do passado, relembrando e contando tudo que aconteceu em sua juventude.

Posso dizer que vivi num tempo em que as coisas ¨aconteceram¨, e que certas lembranças já estão fracas.

Diretas já, Michel Jackson, Heróis da Resistencia, caída do Muro de Berlin, Rock Nacional, Chernobil, e por aí vai.

Mas oque me vem às vezes é a adolescência. De vez em quando me lembro de ver tanta coisa ruim e querer fazer algo para mudar o mundo. Miséria, violência, injustiças...

E tem aquele lado, da paixão, do primeiro namorado, das baladas sem fim, amizades eternas.

Então me pergunto: onde foi parar tudo isso? Cade aquela garra para sair à luta em prol do que acreditava? Dos sonhos, das aventuras, do interesse em ver o mundo melhor?

Pois é...estão lá no fundo do baú!

Os anos vão passando, e quando vemos, muita coisa ficou para trás.

Só que... as coisas acontecem! E quando temos à nossa frente fatos e situações diversas, alguma coisa sai desse fundo do baú e nos tras de volta o sentimento que um dia nos fez grandes, heróis, fortes!

No caso do que houve com o Japão, senti que algo deveria ser feito. Nada pude fazer diretamente, confesso.

Mas oque vi foi a força maior da união. E quando estamos mesmo indiretamente ligados, algo sai de dentro de nós como se fossemos ainda adolescentes em plena atividade.

sonhar-viver

Então, vamos aproveitar o tempo para amar, viver, sentir, interagir!

Voltar a ser adolescente é impossível... Mas viver aquele sentimento, ah... isso com certeza podemos trazer de volta. Ter os brilhos nos olhos novamente.

Quem dera as coisas fossem diferentes, e que pudesse ser livre e voar por onde achasse melhor. Mas como não é possível,  podemos adaptar para a situação atual e viver bem!

Não deixe o adolescente que vive dentro de você morrer.

Eu estou resgatando. Houve dias em que sonhei, mesmo sabendo que não seria possível. E pude ver que ainda estou viva!

Correr atrás do que acredita começa pelo sonho de viver.

Bons sonhos!

Qua, 23 de Março de 2011 15:44

Kokoro no Kea 2 心のケア2

Em todas as vias de comunicação vemos campanhas para ajudar as vítimas de Sendai.

Na rádio que escuto no carro, ouvi que empresas grandes estão enviando para doações os produtos que fabricam.

Até uma grande e famosa clínica estética, Takano Beauty, ofereceu plástica no rosto para quem teve ferimentos na face!

Então! Se não tenho como dar tal coisa, dou oque posso!

Essa é a melhor de todas as doações. Dar oque você pode!

Parece estranho oferecer plástica estética numa hora dessas não acham?

Pois eu não!

Aumenta a auto-estima! Pense em se olhar no espelho, e ver todos os dias as marcas de um dia que gostaria de esquecer?

Auto-estima e vaidade são diferentes. Precisamos da auto-estima para seguir em frente.

Mas auto-estima também pode ser tratada de outra forma: carinho!

Dar atenção à eles, simplesmente ouvindo, já é uma grande coisa.

Tocar as mãos, arrumar os cabelos, abraçar, ajudar na escolha de algo, andar de mãos dadas...são pequenas coisas que nós, brasileiros, sabemos fazer, e muito bem!

Essa semana meu filho estava doente, pegou influenza. Deixou-o um pouco frágil até mesmo emocionalmente, acrescentando a entrada na adolescência.

Como ele ficava manhoso, vinha a mim sempre com ares de coitadinho. Uns dias atrás falei pra ele: Vamos para Sendai? Ele olhou para mim e perguntou assustado: Por quê???

Respondi pra ele: Você fica aí choramingando com dó de si mesmo. Então, vamos lá, ajudar em alguma coisa, assim você não pensa em si apenas. Ajudar é tão gostoso! Ser voluntário! Fazer alguém feliz!

Ele olhou para mim e não disse nem sim nem não. (sabe que lá precisam de ajuda)

Tenho ensinado a ele a mudar essa emoção negativa que tem dentro de si. É difícil, pois sempre arruma argumento. Fase. Mas sei que tem um bom coração, pois já vi fazendo coisas boas.

E é como uma semente que estou plantando, um dia germinará.

Enquanto ficarmos com dó de nós mesmos, ficaremos a choramingar pelos cantos, criando pânico.

A partir do momento que nos preocupamos com alguém, esquecemos de chorar, preocupados em fazer alguém feliz!

No momento é inviável alguém ir até Sendai (eu seria mais uma boca para alimentar lá), falei isso para o meu filho para ver a reação dele.

Mas já havia pensado nisso. Gostaria muito de ir lá como voluntária, ajudar a cuidar dos velhinhos que perderam tudo oque tinham. Principalmente ouvi-los, acalmar seus corações.

Com as doações que moveram muitas comunidades, associações e países, não há de faltar nada, é só eles pedirem!

Mas cuidar do ferimentos da alma...mais difícil !

kokoro-keaEnergias positivas, fé, otimismo!

Vamos então fazer oque está ao nosso alcance no momento!

Aquecer os corações feridos e aumentar a auto-estima de quem precisa, sem querer nada em troca!

Vamos nessa?

Página 1 de 2
asaki-ueji_footer